Voltar ao site

Por que confiar se podemos ter clareza?

Por Henrique Katahira

· Liderança,Propósito Evolutivo,Integralidade

O ano de 2021 mal começou e tenho a impressão de que o mundo está mais veloz e complexo que nunca. O que a pandemia acelerou em 2020 em termos de transformações parece ganhar ainda mais complexidade, ambiguidade e velocidade com novas variáveis como as vacinas (e o movimento antivacinas), as novas variantes do coronavírus e o colapso do sistema de saúde. Ironicamente, parece que o ano novo já começou em janeiro mesmo, antes do carnaval.

Para transitar com tranquilidade em 2021, ouço muita gente falar sobre confiança. Afinal, confiando no processo, tudo dará certo no final. E assim confiamos em Deus, na vida, no Universo ou na tia do grupo de WhatsApp da família que mandou um artigo sobre um grupo de pessoas que vai salvar a humanidade por meio de um plano infalível: “Não sabemos de todos os detalhes mas confie no plano.”

Por muito tempo achei que confiar no processo era 50% do sucesso. Confiança (ou autoconfiança) é algo que nos faz ir pra frente, mesmo sem conhecer todas as variáveis. Confiar é ter fé, buscar a saída de uma sala completamente escura acreditando que irá encontrá-la. Ou seja a confiança depende de uma crença. Da crença que alguém ou alguma entidade com mais consciência vai te guiar para o sucesso.