Return to site

NOVAS ATUALIZAÇÕES DISPONÍVEIS PARA O SEU SISTEMA DE CRENÇAS 

Por Henrique Ka

O que nos torna únicos comparado a outras espécies é a nossa capacidade de contar e acreditar em histórias. A evolução nos presenteou com o neocórtex, parte do cérebro responsável pelas habilidades cognitivas, memória e linguagem que funciona como se fosse um simulador de vôo que processa e executa essas histórias na nossa mente. Este simulador é programado pelos nossos pais durante a nossa primeira infância (ou até antes dela, no período intra-uterino) e continua por toda nossa vida através dos condicionamentos impostos pela sociedade consolidando o que chamamos de sistema de crenças.

O sistema de crenças é o sistema operacional do nosso simulador. Cada pessoa roda a sua própria versão do sistema que “simula” uma versão personalizada da realidade.

Acreditamos tanto no nosso simulador que criamos profecias que se auto-realizam. Quando alguém fala para uma criança que ela canta bem sua auto-estima e sua autoconfiança aumentam, fazendo com que ela cante mais e melhor, reforçando o comportamento até que ela se torna realmente uma boa cantora.

Um amigo me contou que na Nigéria existe um povoado onde as pessoas acreditam que as balas não atingem homens nus à noite. Então, ocorrem invasões e roubos durante a noite e os seguranças não atiram pois os homens estão nus e as balas não vão atingir. Isso mostra como crenças coletivas podem determinar padrões de comportamento e torná-los realidade.

Por sorte, este sistema não é imutável. Durante a nossa vida, passamos por várias atualizações conforme vamos nos amadurecendo e passando por experiências na nossa vida. Não acreditamos nas mesmas histórias que contávamos a nós mesmos há 10 anos atrás.

A atualização, porém não é tarefa simples. Temos um sistema que nos faz imunes às mudanças pois ele precisa ser forte o suficiente pois tem uma função muito importante: lembrar de quem nós somos (ou de quem achamos que somos) e como devemos nos comportar. Esta foi uma estratégia evolutiva que o cérebro encontrou para economizar energia operando no piloto automático. É também uma estratégia de autopreservação do ego.

Para nos libertarmos das crenças que já não fazem mais sentido, precisamos desapegar de certas histórias que contamos para nós mesmos para criar outras. Isso gera dor, crises existenciais e medo de ser julgado. Mas quando conseguimos superar essa dor e abraçar crenças potencializadoras, as possibilidades se expandem.

Porém, mudanças de mentalidade só terão efeito se forem reforçados por experiências práticas. Caso contrário o ego sempre terá desculpas. Assim como a criança que precisa cantar e ser estimulada para virar uma boa cantora, precisamos experienciar para que as novas crenças se tornem realidade.

No filme Matrix, o personagem Neo testou suas habilidades em kung fu,

depois que recebeu o download para poder incorporá-las.

Buda já dizia há 2500 anos atrás que vivemos no mundo de Maya que é a ilusão do mundo físico, a irrealidade dos fenômenos, a miragem ou “alucinação” do mundo da manifestação.

 

Se a realidade é uma ilusão fabricada pela nossa mente, como seria se você tivesse total controle para baixar as atualizações desejadas e incorporá-las na sua vida?

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OK