Return to site

Liderando em Tempos de Incertezas

Por Henrique Katahira

Estamos vivendo um momento bem particular na história da humanidade. Nunca tivemos tanto acesso à informação e nunca estivemos tão mal-informados ao mesmo tempo. Todos os dias dezenas de notícias impactantes chegam em nossos celulares com o intuito de provocar medo, ira, raiva, ódio ou indignação. Quando uma notícia impactante chega, levamos alguns minutos para assimilar. Enquanto isso, chega outra notícia mais impactante que a anterior e na sequência, descobrimos que era fake news. Segundos depois aparece outra notícia desmentindo que a fake news na verdade era verdadeira. Em que ou quem podemos acreditar? Como manter a sanidade mental e emocional em tempos tão sombrios? Como liderar nesse contexto e por que é tão difícil liderar no séc. XXI?

 

Se compararmos com os anos 90, liderar era bem mais fácil. A internet estava apenas engatinhando e o poder estava nas mãos de quem tinha acesso à informação. O diretor tinha acesso à informações privilegiadas compartilhava parte dela com poucos gerentes que compartilhavam parte com coordenadores e assim por diante até chegar no chão de fábrica. Ninguém questionava a hierarquia pois a informação completa não era disponível a qualquer pessoa.

 

Nos anos 2000, tivemos um crescimento vertiginoso do acesso à informação com a internet, o que tornou comum um estagiário ser mais bem informado e ser mais proficiente em tecnologia que um engenheiro mais experiente. O email se popularizou e o estagiário agora pode acessar o CEO da empresa em apenas um clique. Em seguida, as intranets chegaram para compartilhar ainda mais as informações. Hierarquias rígidas foram substituídas por estruturas matriciais por projeto.

 

A noção de informação como fonte de poder começa a deixar de existir nos anos 2010 e, em menos de uma década, o que parecia ser um futuro brilhante para a humanidade, começa a ficar mais complexo, caótico e ambíguo com o surgimento das redes sociais e da manipulação de informações através do poder econômico.

Você já deve ter percebido que liderar no séc. XXI, principalmente nos últimos anos pra cá tem sido um desafio e tanto. Com tantos estímulos negativos, é fácil entrar num padrão reativo, de confusão mental ou entrar num processo de narcotização.

 

Os desafios deste século demandam novas formas de lidar com as informações. O fator que considero mais importante é ter uma fé inabalável no fluxo da vida que sempre leva para um caminho de evolução e prosperidade. É um processo que vem acontecendo há 4 bilhões de anos e que passou por várias extinções em massa no caminho. Para evoluir, o sistema precisa buscar estabilidade interna (ordem) e equilíbrio externo (caos). Nosso momento histórico é do caos buscando a ordem. Por mais doloroso que possa parecer, tenho fé de que é apenas uma fase de transição para uma nova era de baseada no amor, na abundância e na prosperidade.

 

Além disso, é importante buscar práticas contemplativa como meditação, mindfulness ou yoga. As práticas contemplativas ajudam-nos a trazer serenidade e um estado de não-julgamento, além de trazer clareza para tomar decisões baseadas em outras inteligências além do racional.

 

Outra atitude importante é ignorar notícias que causam emoções aflitivas como medo, raiva, ira, inveja ou indignação nas redes sociais. Se uma notícia gerou emoções aflitivas, não curta, compartilhe ou comente. Estas ações fazem com que o algoritmo entenda que você queira consumir mais notícias como estas e você pode entrar em uma espiral de negatividade e ter uma falsa sensação de que o mundo está perdido. Além disso, você irá provocar emoções aflitivas nas pessoas que você ama.

 

Em vez de replicar notícias negativas, olhe para a metade cheia do copo e compartilhe apenas conteúdos construtivos, gente fazendo o bem, agindo de forma propositiva, que acredita nas coisas que você acredita. Depois de alguns posts, verá que seu feed de notícias mudará completamente!

 

Este comportamento irá ajudá-lo a estar perto de pessoas que vibram energias positivas. Estar perto pessoas que pensam, falam e agem com o coração e fazem diferença no mundo, reforça a fé na humanidade, colabora com o senso de pertencimento, de que não estamos sozinhos e que apesar da tempestade lá fora, existem pessoas que trabalham para cuidar do mundo.

 

E quando você se conectar com a sua tribo, saia do papel de vítima e seja protagonista das mudanças que você quer ver no mundo. Tenha fé e confiança no futuro, perceba o presente com a clareza mental de um yogi e, sem julgamento, aja com compaixão, alinhando pensamentos, palavras e ações para cuidar de si, das pessoas e do mundo e influenciar pessoas à sua volta.

 

“Liderar é o privilégio de poder tocar a vida de outras pessoas.” — Sadhguru
 
All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly