• ESTUDO DO LIVRO

    REINVENTANDO AS ORGANIZAÇÕES

    O primeiro ciclo foi encerrado. Assista aos videos clicando no botão abaixo.

  • "Ansiamos por maneiras radicalmente melhores de estar nas organizações.
    Mas isto é genuinamente possível ou mero pensamento positivo?
    Se for possível criar organizações que extraiam mais do nosso potencial humano,
    como seriam essas organizações? Como podemos trazê-las à vida?" Frederic Laloux

    Reinventando as Organizações é uma das obras que vêm causando maior impacto na forma de pensar e agir das organizações. Escrito pelo belga Frederic Laloux, é fruto de uma pesquisa que abordou as práticas e modelos de gestão de organizações alinhadas com o mais novo estágio da consciência humana.
     

    Que estágio é este? Laloux parte de referências como Ken Wilber, Claire Graves, Jane Wade, entre outros estudiosos que analisaram as grandes mudanças de eras da humanidade e o que essas transformações acarretaram em termos de organização social, comportamental e na forma como as pessoas se juntam pra gerarem resultados, ou seja, como os indivíduos se organizam para trabalhar. A partir desses estágios, é possível assumir que estamos passando por uma nova e grande mudança, uma transição de era e de estágio de consciência, que passou a acontecer a partir do desenvolvimento de tecnologias como a Internet e que vem trazendo transformações significativas em nossa sociedade, relações, paradigmas de comportamento, compartilhamento de informações e, porque não, nas estruturas organizacionais.

    Laloux estudou 11 organizações alinhadas com o novo estágio da consciência humana - o estágio Evolutivo-Teal. Em seu livro, ele descreve as práticas dessas organizações, de governança a ações no dia a dia, da administração à forma como se conduz reuniões, da contratação à forma como os colaboradores são desenvolvidos - organizações autogeridas, com hierarquias situacionais, com propósito evolutivo claro e praticado e onde as pessoas podem expressar-se com integralidade. Reinventando as Organizações é uma obra essencial a qualquer profissional - líder ou não, que busca o alinhamento com modelos organizacionais que tragam um olhar de que cada ponto de contato do indivíduo com a organização é uma oportunidade de crescimento para ambos.

    Este é um livro que muda o mundo!

    Por isso, decidimos estudar juntos e convidamos você!
    Não é simplesmente uma leitura, mas um estudo facilitado e registrado em vídeo, audio e comentado, com foco na aplicação prática nas organizações.

    O estudo é gratuito, mas você pode contribuir financeiramente com os facilitadores, como forma de oferecer a sua colaboração:

  • Semana 1: prefácio e introdução

    18/09/2018

    Páginas (no livro impresso): prefácio + páginas 1 a 8

    Grandes Temas:

    Por que este livro é importante

    A visão integral de Ken Wilber e sua correlação com o trabalho de Frederic Laloux

    Os quadrantes da Teoria Integral - AQAL (todos os quadrantes, todos os níveis)

    O novo estágio da consciência humana aplicado aos negócios

    O surgimento de um novo modelo organizacional

    Os limites dos modelos organizacionais atuais

    As questões que desencadearam a pesquisa

    Organizações ao longo do curso da evolução

    O que as organizações pioneiras podem nos ensinar

     

    Palavras-Chave:

     

    #teoriaintegral #quadrantes #níveisdesenvolvimento #linhasdedesenvolvimento #estadosdeconsciência #paradigmasgestãoorganizacional #hierarquiasdeatualização #hierarquiasdominadoras #etapaplurarista #green #etapaintegral #teal #maslow #maturana #evoluçãodaconsciência #valores #necessidades #motivações #estruturasdoego #tipossocietários #redesculturais #aqal #modernismo #pósmodernismo #velhoparadigma #novoparadigma #claregrave #saltomonumentaldesignificado #hierarquiasaninhadas #sistemadecrenças #organizaçõescomoveículosparacolaboração #futurosdesejáveis

     

    Referências:
     

    Referências trazidas pelos participantes do encontro:

     

    Vídeo sobre a evolução e níveis de desenvolvimento da consciência / organizações (sugerido pelo Klaus Ott);

     

    Gráfico AQAL, de Ken WIlber (sugerido pelo Thomas Ufer);

    Livro "A árvore do conhecimento: as bases biológicas da compreensão humana", de Humberto Maturana e Francisco Varela (sugerido pelo Gabriel Siqueira);
     

    Palestra da Susanne Cook-Greuter, sobre níveis de desenvolvimento do Ego (sugerido pelo Thomas Ufer). São 7 vídeos de cerca de 10 minutos cada.

    Inspirações:

     

    "Você nunca muda as coisas lutando contra o que já existe. Para mudar alguma coisa, construa um novo modelo que faça com que o modelo atual se torne obsoleto." Richard Buckminster Fuller

     

    "Institntivamente, nós sabemos que a gestão está desatualizada. Sabemos que seus rituais e rotinas parecem levemente ridículos no raiar do século 21. Por isso as tirinhas do cartum Dilbert ou um episódio de The Office soam familiares e vergonhosos." Gary Hamel

     

    "O maior perigo em tempos de turbulência não é a turbulência em si - é agir com a lógica de ontem." Peter Drucker

     

    "Com o que as organizações moldadas em torno da próxima etapa da consciência se parecem? Já é possível descrever suas estruturas, práticas, processos e culturas (em outras palavras: conceituar o modelo organizacional) em detalhes que sejam úteis para ajudar outras pessoas a criar organizações similares?" Frederic Laloux

     

    "Nunca subestime o poder de algumas pessoas comprometidas a mudar o mundo. Na verdade, é a única coisa que há." Margaret Meade

     

    "Podemos inventar uma maneira mais poderosa, mais emotiva, mais significativa de trabalhar em conjunto, se apenas mudarmos nosso sistema de crenças?" Frederic Laloux

     

    "Se descobrirmos que é possível criar organizações que extraiam mais do nosso potencial humano, como seriam essas organizações?" Frederic Laloux

  • Semana 2: parte 1 - capítulos 1.1, 1.2 e 1.3 - paradigmas, estágios de desenvolvimento, teal

    25/09/2018
    Páginas (no livro impresso): 11 a 51

    Grandes Temas:

     

    Os modelos organizacionais do passado e do presente.

    Paradigmas e níveis de desenvolvimento da consciência.

    Paradigmas e os modelos organizacionais.

    Estágios de desenvolvimento.

    Novos modelos organizacionais.

    O paradigma Evolutivo-Teal.

    A importância de domar os medos do ego.

    Coerência interna como bússola.

    A vida como uma jornada de descoberta.

    Lidar graciosamente com a adversidade.

    Sabedoria para além da racionalidade.

    Integralidade em relação aos outros.

    Integralidade com a vida e com a natureza.

     

    Palavras-Chave:

     

    #modelosorganizacionais #linhasdedesenvolvimentodaconsciência #ego #kenwilber #coerênciainterna #jornadadedescoberta #paradigmas #impulsivovermelho #conformistaambar #realizadorlaranja #pluralistaverde #evolutivoteal #lidarcomadversidade #paradigmadaabundância #integralidadevidaenatureza #integralidadenasrelações

    Referências:

     

    Mapa da Reinvenção das Organizações - tradução feita pelos colaboradores do Regenera:

    Linhas de Desenvolvimento - preparado pela Elaine Favero da cuidadoria:

    - Coerência interna como bússola: livro Bússola Espiritual, Satish Kumar, Ed. Pensamento - sugestão da Monica Ayrosa.

     

    - Linhas de desenvolvimento (linha emocional): www.atlasofemotions.org - sugestão da Monica Ayrosa.

     

    - Linhas de desenvolvimento (linha moral): livro A Alma Imoral, Nilton Bonder, Ed.Rocco e série inspirada no livro

    https://tamandua.tv.br/series/serie.aspx?serieId=571 - sugestão da Monica Ayrosa.

    Inspirações:

     

    "Ver não é crer; crer é ver! Você vê as coisas não como elas são, mas como você é." Eric Butterworth

     

    "Não há nada inerentemente 'melhor' em estar num nível mais alto de desenvolvimento, da mesma forma que um adolescente não é 'melhor' do que uma criança pequena. Entretanto, a verdade é que um adolescente pode fazer mais porque ele ou ela podem pensar de forma mais sofisticada do que uma criança pequena. Qualquer nível de desenvolvimento está bom; a questão é se esse nível de desenvolvimento está adequado à tarefa que temos nas mãos." Nick Petrie

  • Semana 3: parte 2 - capítulos 2.1 e 2.2 - três avanços e uma metáfora, autogestão (estruturas)

    02/10/2018
    Páginas (no livro impresso): 55 a 75

    Grandes Temas:

     

    - Avanços que as organizações Teal trarão para a sociedade;

    - Metáfora para as organizações Teal: organismos vivos ou sistemas vivos;

    - Os 3 avanços das organizações Teal: autogestão, integralidade, propósito evolutivo;

    - Autogestão: sistema baseado em relações entre pares, sem a necessidade de hierarquia ou consenso;

    - Integralidade: consistente conjunto de práticas que nos convidam a recuperar nossa integralidade interior e a trazer tudo o que somos para o ambiente de trabalho;

    - Propósito evolutivo: convite a escutar e compreender o que a organização quer se tornar e a qual propósito ela quer servir;

    - As organizações Teal pioneiras;

    - Processos-chave: estratégia, inovação, marketing, vendas, processos de RH, gestão de desempenho, compensações;

    - Práticas-chave: reuniões, tomada de decisão, fluxo de informações;

    - Estruturas nas quais a autogestão se manifesta: quem toma quais decisões, como fui a informação, como as pessoas são avaliadas, promovidas e recompensadas nessas novas estruturas.

     

    Palavras-chave:

     

    #organizaçõesteal #organizaçõesevolutivas #propósitoevolutivo #integralidade #autogestão #organismovivo #sistemavivo #processoschave #práticaschave #estruturasorganizacionais

     

    Referências:

     

    - Planilha de referências: Criamos uma planilha com todas as referências (bibliografia, vídeos, sites, etc.) compartilhadas pelos participantes! Tem uma quantidade imensa de conteúdos muito legais! Para acessar, clique aqui!

     

    - Apresentação feita durante o encontro, em formato pdf, para download;

     

    - Artigo da Patrizia Bittencourt sobre sua visita à Pormade, uma organização brasileira com 600 colaboradores e que adota diversas práticas teal: "A Evolucionária Fábrica de Portas."

     

    - Narrativas Mercur: livro que conta como a Mercur remodelou a sua cultura e práticas, para atuar em prol de um mundo melhor.

     

    Inspirações:

     

    "O que realmente desejamos fazer? O que podemos oferecer ao mundo? Quais são os nossos dons únicos? O que nos detém? O que poderia nos ajudar a avançar mais ousadamente na vida que quer ser vivida através de nós? Qual é meu chamado? O que vale a pena alcançar?" Frederic Laloux

     

    " Por um lado nos convidam a dissociar a alma da função - quem somos do que fazemos. Por outro, isso nos permite preencher nosso papel com mais da nossa verdadeira identidade. Sem descrição de cargos, sem que ninguém nos diga como realizar determinado trabalho, podemos fazê-lo até mesmo a partir da nossa própria individualidade e impregná-lo com nossa personalidade e talentos únicos." Frederic Laloux

     

    "As organizações poderiam alcançar muito mais se confiassem na paixão evocada quando nos conectamos com outras pessoas, propósito com propósito. Muitos de nós querem ser mais. Muitos de nós têm fome de descobrir o que podemos nos tornar juntos." M. Wheatley & M. Kellner-Rogers

    Facilitação gráfica do encontro, feita pela Laura Peña:

  • Semana 4: parte 2 - capítulo 2.2 (continuação) - autogestão (estruturas)

    09/10/2018
    Páginas (no livro impresso): 76 a 96

    Grandes Temas:

     

    - Práticas de autogestão;

    - Cases de organizações (Sun Hydraulics, FAVI, AES, EZBS, Valve);

    - Nenhuma equipe e poucas reuniões;

    - Coordenação e troca de conhecimentos entre equipes;

    - Confiança versus controle;

    - Gestão radicalmente simplificada de projetos;

    - Priorização;

    - Escala: organizações com milhares de funcionários;

    - Forças-tarefa voluntárias;

    - Não aos organogramas, às descrições de função e aos títulos;

    - Escola Teal;

    - Escola autogerida.

     

     

    Palavras-chave:

     

    #autogestão #organizaçõesevolutivas #semhierarquias #transparência #zeroburocracia #confiança #processossimplificados #crençaslimitantes

     

    Referências:

     

    - Planilha de referências: Criamos uma planilha com todas as referências (bibliografia, vídeos, sites, etc.) compartilhadas pelos participantes! Tem uma quantidade imensa de conteúdos muito legais! Para acessar, clique aqui!

     

    - TED do Ricardo Semler: "Como gerenciar uma empresa quase sem regras"

     

    Inspirações:

     

    "Auto-organização não é um recurso surpreendentemente novo no mundo. É a forma como o mundo se criou há bilhões de anos. Em todas as atividades humanas, auto-organização é como começamos. É a forma como fazemos até que interferimos no processo e tentamos controlar uns aos outros." Margareth J. Wheatley e Myron Kellner-Rogers

     

    "Os professores abrem a porta. Você entra sozinho." Provérbio Chinês

     

    "A realidade é que tomadores de decisão centralizadores não possuem informação suficiente para gerenciar as particularidades da vida corporativa. Mas como a centralização é uma ideia bem aceita, as corporações aplicam o modelo [...] para resolver quase todos os problemas. Ao fazê-lo, o poder é colocado no topo, hierarquias rígidas são desenvolvidas e os trabalhadores perdem a liberdade, enquanto, gradualmente, a produtividade diminui." Bob Fishman

     

    "Tudo o que é realmente grande e inspirador é criado pelo indivíduo que pode trabalhar em liberdade." Albert Einstein."

     

    "Como já deve ter constatado, você não foi contratado para preencher uma função específica. Você foi contratado para constantemente procurar fazer o trabalho mais valioso que for capaz." O guia Valve para empregados

     

    Facilitação gráfica do encontro, feita pela Laura Peña:

  • Semana 5: parte 2 - capítulo 2.3 - autogestão (processos)

    16/10/2018

    Páginas (no livro impresso): 97 a 118

    Grandes Temas:

     

    - Práticas de autogestão;

    - Tomada de decisão - processo de aconselhamento;

    - Não é consenso;

    - Tomada de decisões em tempos de crise;

    - Compras e investimentos;

    - Pressupostos explícitos;

    - Comunicações internas;

    - Resolução de conflitos;

    - Definição e atribuição de funções;

    - Contratação formal;

    - Definindo papéis e governança com as equipes.

     

    Palavras-chave:

     

    #autogestão #consentimento #governança #decisões #conflitos #papeis #contratação #tealorganizations #osquatrocompromissos

    Referências:

     

    - Planilha de referências: Criamos uma planilha com todas as referências (bibliografia, vídeos, sites, etc.) compartilhadas pelos participantes! Tem uma quantidade imensa de conteúdos muito legais! Para acessar, clique aqui!

     

    - Os Quatro Compromissos: práticas para o dia-a-dia, comunicação interpessoal, reuniões, acordos para facilitação de grupos:

  • Semana 6: parte 2 - capítulo 2.3 (continuação) - autogestão (processos)

    23/10/2018

    Páginas (no livro impresso): 119 a 138

  • Semana 7: parte 2 - capítulo 2.4 - busca pela integralidade (práticas gerais)

    30/10/2018

    Páginas (no livro impresso): 139 a 169

  • Semana 8: parte 2 - capítulo 2.5 - busca pela integralidade (processos de RH)

    06/11/2018
    Páginas (no livro impresso): 171 a 190

    Grandes Temas:

     

    - Processos-chave de RH (seleção, integração, treinamento, descrições de títulos e plano de carreira, comprometimento, horas de trabalho e flexibilidade, feedback e gestão de desempenho, demissões) vistos sob as lentes da integralidade, autogestão e propósito evolutivo;

    - Grandes diferenças entre práticas de RH nas organizações "laranja" e "teal";

    - Avanços teal para as organizações em termos de práticas de RH;

    - Práticas teal e as relações baseadas no amor e na aceitação;

    - Paradoxo das organizações "teal": "por um lado, nos convidam a dissociar a alma da função - quem somos do que fazemos. Por outro, isso nos permite preencher nosso papel com mais da nossa verdadeira identidade."

    - Dicotomias importante para ver-sentir-agir e nos inspirar a praticar mais o teal: separação x integralidade; medo x amor; julgamento x aceitação; máscara autocentrada x conexão.

     

    Palavras-chave:

    #culturaorganizacional #pessoaseprocessos #integralidade #autogestão #propositoevolutivo #organizaçõesteal #organizaçõesevolutivas #tealorganizations

     

    Referências:

     

    - Apresentação em pdf do encontro (link para download);

    - Link para planilha de referências.

     

    Inspirações:

     

    "Sem descrições de cargo, sem que ninguém nos diga como realizar um determinado trabalho, podemos fazê-lo até mesmo a partir da nossa própria individualidade e impregná-lo com nossa personalidade e talentos únicos." Frederic Laloux

     

    "As pessoas devem se sentir seguras para serem honestas em relação a si mesmas e aos outros. Somente então, podemos usar a força de todos e evitar que as pessoas façam coisas que elas realmente não sabem como fazer ou não querem fazer." Jos de Blok

     

    "Como sua vocação ressoa com o propósito da organização?Quais as habilidades necessárias para prosperar no ambiente baseado em autogestão? Como os dois podem sustentar um ao outro?"

  • Semana 9: parte 2 - capítulo 2.6 - escutando o propósito evolutivo

    13/11/2018

    Páginas (no livro impresso): 191 a 222

  • Semana 10: partes 2 e 3 - capítulos 2.7 e 3.1 - traços culturais comuns, condições necessárias

    27/11/2018
    Páginas (no livro impresso): 223 a 256

  • Semana 11: parte 3 - capítulos 3.2 e 3.3 - iniciando uma organização teal, transformando uma organização já existente

    04/12/2018
    Páginas (no livro impresso): 257 a 280

  • Semana 12: parte 3 - capítulos 3.4 e 3.5 - resultados, organizações e sociedade teal

    11/12/2018
    Páginas (no livro impresso): 281 a 301

  • Agradecemos

    A toda a imensa rede de pessoas, desde Frederic Laloux e os autores que o inspiraram, àqueles que se mobilizaram para traduzir o Reinventando as Organizações, aos que vêm incentivando e organizando eventos e outras ações em torno do tema, como a Rede Regenera e aos facilitadores que estão energizando este estudo:

     

    Andréa Korps

    Elaine Favero

    Fabio Cunha

    Henrique Katahira

    Kiki Mori

    Laura Peña

    Oscar Calderon

    Patrizia Bittencourt

    Rodrigo Barbosa

    Sanket

    Thianne Martins

  • Cadastre-se para receber os avisos das atualizações do estudo do livro

    All Posts
    ×